Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

E AGORA ??

O MUNDO VISTO PELOS MEUS OLHOS

DEAD COMBO NA BANDA SONORA DO FILME FOCUS COM WILL SMITH

por ARMANDO CORREIA, em 20.05.15

DEAD.jpgO Grupo Musical português DEAD COMBO faz história ao inserir dois temas no novo filme de will smith FOCUS.

Lisboa Mulata e Rumbero são os dois temas que se podem ouvir durante o filme.

No filme, excelente, diga-se de passagem, will smith encarna o papel de um vigarista moderno, ligado a todas as tecnologias possiveis para o exercicio da vigarice que se torna mentor de uma jovem que deseja conhecer os truques da profissão, papel interpretado por Margot Robbie, a actriz de O Lobo de Wall Street.

As coisas tomam um rumo diferente quando os dois se envolvem romanticamente, neste filme entra ainda o brasileiro Rodrigo Santoro, o filme acaba por ser a prova de que sons e pessoas oriundas de paises de lingua portuguesa, podem fazer a diferença.

A Sonoridade dos DEAD COMBO não passa despercebida aos portugueses durante o filme.

Um filme a não perder.

Aqui ficam os temas dos DEAD COMBO e o trailer do filme.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MARK KNOPFLER PRIMEIRAS IMPRESSÕES

por ARMANDO CORREIA, em 31.03.15

mark.jpgTive oportunidade de ouvir os primeiros avanços do novo albúm TRACKER de Mark Knopfler aguçado pela curiosidade incutida pela entrevista que deu na passada semana, igual a si mesmo e apesar de se tentar demarcar do projecto DIRE STRAITS, a verdade é que quando ouvimos somos levados a associar a voz ao grupo.

Com uma sonoridade agradável ao ouvido de quem gosta do estilo, Mark continua a mostrar porque é considerado um dos melhores guitarristas do mundo, sem dúvida um disco a ouvir com muita atenção.

 

 

YOU AND I

por ARMANDO CORREIA, em 23.07.14

John Legend, nome artístico de John Roger Stephens (Springfield, 28 de dezembro de 1978) é um cantor de R&B, compositor e pianista, ganhador de nove prémios Grammy e com uma estrela no Songwriters Hall of Fame. Em 2004 lançou o seu álbum de estreia Get Lifted, o qual ganhou disco de platina. O álbum lançou os singles "Used to Love U" (Top 100 nos EUA, Top 30 no Reino Unido) e "Ordinary People" (Top 30 nos EUA e Reino Unido).

Ele também colaborou com Slum Village na música "Selfish" (Top 100 nos EUA), música que Kanye West também participa. Legend participou do CD Late Orchestration de Kanye West, tocando piano ao vivo em Londres. Também tocou piano em "Everything is Everything" de Lauryn Hill e fez backing vocal em "Encore" de Jay-z, "You Don't Know My Name" da Alicia Keys , "High Road" do Fort Minor. Em 2005 cantou o clássico With you I'm born again com Mariah Carey no especial Save The Music. Seu irmão Vaughn Anthony também é cantor.

 

 

Hoje deixo-vos um grande tema deste já tão conhecido compositor.

 

 

COMO SE SUPERA A PERDA???... NÃO SE SUPERA

por ARMANDO CORREIA, em 14.04.14

Sou adepto de programas de música, mas não sou adepto dos concursos em que as tristezas e dramas familiares servem para obter mais valias nos programas.

Muito menos costumo dar importância a isso, cada um com os seus dramas e superações.

No entanto, eu não poderia deixar de partilhar este video do THE VOICE PORTUGAL e não é pela história em si, mas pela atitude.

Trata-se de um concorrente de 16 anos que perdeu a mãe, e aquilo que surpreende é a honestidade das respostas.

Quando lhe perguntam como se supera a perda ao 16 anos ele simplesmente responde : - Não se supera!!!

No entanto a atitude perante as pessoas, a atitude perante a situação, e a própria atitude positiva perante a vida, fazem-nos repensar as nossas atitudes de lamúria e tristeza perante coisas ás vezes tão insignificantes.

Fica o video, as reflexões deixo ao critério de cada um.

 

 

 

 

FOI A EMELE ( 5 PARA A MEIA NOITE ) brutal....

por ARMANDO CORREIA, em 11.02.14

Ontem ao passar os olhos pelo MTV vi a produção deste video, para desanuviar e para os amigos de lisboa aqui vai:

 

A REVOLUÇÃO DOS AMOR ELECTRO

por ARMANDO CORREIA, em 06.02.14

Hoje falo de música, depois de ouvir atentamente o novo albúm dos Amor Electro, o albúm Revolução vem marcar ainda mais a personalidade vincada do grupo, com uma qualidade indiscutivel.

A intensidade conhecida da vocalista torna-se ainda mais profunda neste álbum cheio de sons intensos e tons que nos fazem ouvir repetidamente o disco.

Recomendo vivamente.