Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

E AGORA ??

O MUNDO VISTO PELOS MEUS OLHOS

DEAD COMBO NA BANDA SONORA DO FILME FOCUS COM WILL SMITH

por ARMANDO CORREIA, em 20.05.15

DEAD.jpgO Grupo Musical português DEAD COMBO faz história ao inserir dois temas no novo filme de will smith FOCUS.

Lisboa Mulata e Rumbero são os dois temas que se podem ouvir durante o filme.

No filme, excelente, diga-se de passagem, will smith encarna o papel de um vigarista moderno, ligado a todas as tecnologias possiveis para o exercicio da vigarice que se torna mentor de uma jovem que deseja conhecer os truques da profissão, papel interpretado por Margot Robbie, a actriz de O Lobo de Wall Street.

As coisas tomam um rumo diferente quando os dois se envolvem romanticamente, neste filme entra ainda o brasileiro Rodrigo Santoro, o filme acaba por ser a prova de que sons e pessoas oriundas de paises de lingua portuguesa, podem fazer a diferença.

A Sonoridade dos DEAD COMBO não passa despercebida aos portugueses durante o filme.

Um filme a não perder.

Aqui ficam os temas dos DEAD COMBO e o trailer do filme.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROPOSTA DE CINEMA - SERENA

por ARMANDO CORREIA, em 10.04.15

SERENA.PNG SERENA baseia-se num romance de 2008 com o mesmo nome, pensado originalmente para Angelina Jolie como protagonista este filme acabou por sofrer algumas alterações e foi Jennifer Lawrence quem acabou por assumir o papel principal na pele de Serena Pemberton, um filme com uma fotografia excelente gravado em Outubro e Novembro de 2014 em Inglaterra e em França que nos conta a história de Serena e george Pemberton, Papel desempenhado por Bradley Cooper.

Todo o enredo se situa nos inicio dos anos 30 na Carolina do Norte, e mantém-nos colados ao ecran.

Ao longo do filme prevêm-se vários desfechos mas surprende muitas vezes pela crueldade e frieza do ser humano, e com um fim totalmente inesperado.

Mais um bom filme, a não perder.

 

 

 

RIP MANOEL DE OLIVEIRA

por ARMANDO CORREIA, em 02.04.15

manoel.jpg Faleceu MANOEL DE OLIVEIRA.

Manoel faleceu hoje aos 106 anos de idade, iniciado nas lides de cinema aos 20 anos, era dono de uma lucidez invejável. Foi durante muitos anos maltratado pela critica nacional enquanto fazia furor em paises além fronteiras como foi o caso de França ou Itália.

realizador do famoso filme Aniki-Bóbó, foi mesmo com esse filme um pouco colocado á margem, embora viesse mais tarde a usufruir da redescoberta desse filme por parte dos criticos.

Ao fim de 106 anos, deixa um legado e uma história dedicada ao cinema, com carreiras interrompidas no atletismo e até no desporto automovel.

Morre como sempre desejou ainda agarrado á sua maior paixão, a sétima arte.

talvez agora com a sua morte, se preste a devida atenção ao espólio imenso que deixa.

 

 

 

FILME PARA VER - VICE

por ARMANDO CORREIA, em 01.04.15

VICE.PNG

 VICE é um filme de ficção cientifica passado no mundo actual, realizado por Brian Miller este filme traz-nos Bruce Willis no papel do criador de uma empresa com recursos ultra modernos onde os habitantes de uma cidade podem realizar os seus desejos e fantasias secretas interagindo com seres virtuais que olham, pensam e sentem como humanos.

Quando uma " artificial " toma consciência e foge da empresa começa uma saga de acção e suspense entre os militares da empresa, e a policia local.

O policia acaba por descobrir toda a realidade medonha de Vice e insiste em destruir o centro, usando para isso a " artificial " que acaba por se coligar com ele.

Bruce Willis surge num papel um pouco apagado, mas não deixa de trazer interesse ao enredo.

O filme conta ainda com a participação de Thomas Jane, Ambyr Childers, Johnathon Schaech, Bryan Greenberg, Charlotte Kirk e Tyler J. Olson.

No papel de " artificial " está Ambyr Childers que não deixa ninguem indiferente, um filme a não perder.

 

 

 

CINEMA AO SÁBADO

por ARMANDO CORREIA, em 01.02.14

 

A MINHA OPINIÂO

Ora aqui fica uma excelente proposta para o Fim-de-semana, um filme que nos leva ao mundo da pirataria nas costas da Somália e que nos prende do principio ao fim.

Este filme faz-nos questionar o valor da vida humana, até onde podem ir os gastos para salvar um só homem?

 

 

SINOPSE DO JORNAL PÚBLICO

 

Título original:Captain PhillipsDe:Paul GreengrassCom:Tom Hanks, Barkhad Abdi, Barkhad AbdirahmanGénero:DramaClassificação:M/12Outros dados:EUA, 2013, Cores, 134 min.Links:Site Oficial.                                                           

Abril de 2009. No Índico, a 500 quilómetros da Costa da Somália, um porta-contentores norte-americano de 17 mil toneladas - o "Maersk Alabama" - é atacado por piratas somali. O capitão Richard Phillips (Tom Hanks), um homem com mais de três décadas de experiência no mar, percebe a gravidade da situação e aceita ser feito refém em troca da liberdade da sua tripulação. Os cinco dias que se seguem, a bordo de um pequeno bote salva-vidas com o jovem chefe somali Abde Wale Abdul Kadhir Muse (Barkhad Abdi), são de pura tensão. Finalmente, numa operação organizada por uma equipa SEAL (corpo de operações especiais da Marinha norte-americana), que resulta na morte de três piratas e na detenção de Muse, é resgatado com vida. Com realização de Paul Greengrass ("Ultimato", "Supremacia", "Green Zone: Combate pela Verdade") e argumento de Billy Ray, um "thriller" psicológico que adapta o livro de não-ficção "A Captain's Duty" escrito pelo próprio capitão Richard Phillips em parceria com o jornalista Stephan Talty. O elenco conta ainda com a presença de Catherine Keener, Michael Chernus, Max Martini e Corey Johnson, entre outros. PÚBLICO